A casa P5, pode ser chamada de “Casa da Pandemia”, tendo sua construção iniciada no final de abril de 2020 e concluída em dezembro de 2020, a casa P5 foi uma verdadeira obra de superação, afinal, mesmo com todas as dificuldades, foi entregue em tempo recorde para o casal de clientes poder aproveitar a casa e reunir filhos e netos.

O desejo dos clientes é que a casa tivesse um visual contemporâneo e ao mesmo tempo clean, por isso a aposta foi, no interior: o contraste entre o branco minimalista e a textura de cimento queimado, e no exterior: a combinação certeira do concreto aparente, esquadrias pretas e um toque de madeira.

Mais uma casa que passou pela prova de fogo do primeiro ano da pandemia, a Casa K3 foi iniciada e concluída no ano de 2020.

Cheia de personalidade, e com clientes extremamente envolvidos no processo, a K3 transmite aconchego e sofisticação em todos os ambientes.

Externamente, lajes e paredes inclinadas conferem ao volume movimento sofisticação e enquadramento, evidenciando ainda mais as aberturas que ganham destaque no volume da casa.

Lajes finas e inclinadas que contornam todo o volume superior da E56, servem como uma grande moldura para essa casa que é, sobretudo, sinônimo de bom gosto e sofisticação.

A união harmônica do concreto aparente, da madeira e da pedra, aliados a um design sofisticado, fazem da E56 uma verdadeira obra de arte.

Nas fachadas, volumes quadrados se sobressaltam, emoldurando esquadrias específicas que, internamente, enquadram visuais protagonistas do espaço. Aos fundos, a fachada oeste, que tem grande incidência solar durante a tarde, é resolvida unindo a beleza e a proteção que os brises ripados proporcionam.

De fora, lajes finas e estruturas metálicas trazem a leveza que se mistura ao brutalismo do concreto e dos materiais escuros.

Internamente, a sofisticação do living em cores sóbrias e materialidades mais escuras se complementa com a leveza dos estares íntimos, com cores e materialidades mais claras.

Seja para reunir pessoas, fazer festas ou para relaxar e descansar, a M26 é uma casa que atende a qualquer uma dessas atividades, como era o desejo do cliente.

Com o contraste entre o branco e o concreto aparente, as grandes aberturas e uma vegetação em destaque ao lado da porta de entrada da casa, a M28 mostra, já na sua fachada, que a proposta dela é de frescor e conexão.

No seu interior, aberturas em locais estratégicos fazem com que interior e exterior se conectam perfeitamente, trazendo para dentro da casa o bem estar que o verde e a luz natural podem proporcionar.

Com uma combinação de materiais que transmite leveza e aconchego, a M28 conquista em cada cômodo, daquelas casas que dá vontade de chamar de lar!